Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

madrugada
No comando: Madrugada 93

Das 00:00 as 05:00

normal
No comando: Programação normal

Das 05:00 as 06:00

territorio
No comando: Território Sertanejo

Das 05:00 as 07:00

saudade
No comando: Saudade Sertaneja

Das 05:00 as 07:00

bom-dia-93
No comando: Bom Dia 93

Das 06:00 as 08:00

normal
No comando: Programação normal

Das 08:00 as 10:00

93-minutos
No comando: 93 Minutos

Das 09:00 as 10:30

as-campeas
No comando: As campeãs da 93

Das 10:00 as 11:00

normal
No comando: Programação normal

Das 10:30 as 11:00

programadores
No comando: Programadores 93

Das 11:00 as 12:00

93-graus
No comando: 93 Graus

Das 12:00 as 13:00

arquivo
No comando: Arquivo 93

Das 12:00 as 13:00

alo
No comando: Alô 93

Das 13:00 as 16:00

normal
No comando: Programação normal

Das 13:00 as 20:00

normal
No comando: Programação normal

Das 13:00 as 22:00

as-campeas
No comando: As campeãs da 93

Das 16:00 as 17:00

sertanejo
No comando: Sertanejo 93 FM

Das 17:00 as 18:00

corneteiros
No comando: Corneteiros 93

Das 18:00 as 19:00

noite
No comando: Noite 93

Das 20:00 as 00:00

noite
No comando: Noite 93

Das 22:00 as 23:59

Unicef alerta para surto de sarampo no Brasil

Compartilhe:
image-1

Após analisar os dados sobre sarampo dos últimos dois anos em 194 países, o Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) emitiu um alerta para o aumento de casos da doença no mundo.

De acordo com o órgão, a alta foi puxada principalmente por 10 países, que juntos, somam mais de 74% dos casos da doença no ano passado. Com mais de 10 mil casos registrados, o Brasil está entre os três primeiros, atrás das Filipinas e da Ucrânia, líder com 30 mil casos no ano passado.

O sarampo é altamente contagioso e a pessoa, segundo a Unicef, pode ser infectada pelo vírus até duas horas depois de um indivíduo com a doença deixar o local. O risco de contaminação é muito alta em crianças malnutridas e bebês que não foram imunizados.

Devem ser vacinadas as crianças de até um ano e adultos de até 49 que não tenham sido imunizados. Aqueles que tomaram as duas doses da vacina não precisam tomar uma nova.

(Redação 93 FM/Terra)

Deixe seu comentário: